FILTRO DE AR - VALE A PENA?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

FILTRO DE AR - VALE A PENA?

Mensagem por Shu-Sha em Qua Set 01 2010, 10:31

Quando começaram a surgir os primeiros carros com injeção eletrônica, a maioria dos preparadores olhava para aquela caixa cheia de fios e chips, com um certo desdém. Enxergavam a novidade muito mais como um impedimento do que como um recurso para melhorar o desempenho de um motor.
Desde os primeiros Gol GTI, muita coisa mudou. Com a chegada dos importados, aos poucos a maioria dos preparadores foi se acostumando com a idéia de que injetados também podiam ter rendimento melhorado, e que o carburador, apesar de ser um velho conhecido, estava definitivamente passando o bastão para os cada vez mais sofisticados sistemas de injeção eletrônica.
Os carros mudaram, assim como a tecnologia e os equipamentos, mas os motivos que levam as pessoas a aumentar a performance de seus motores, continuam os mesmos. E nesse mundo moderno do plug and play, as alterações mais fáceis, rápidas e universais são a troca ou remapeamento do chip, e a troca da caixa de admissão original, por um sistema de alta performance baseado em um filtro de ar cônico ou cilíndrico de alta vazão.

São alterações periféricas, ou seja, não se mexe no motor propriamente dito, e mesmo assim, em conjunto, esses upgrades podem trazer um ganho de potência bastante razoável, principalmente em carros turbocomprimidos. Além disso, também são facilmente reversíveis, e muitas vezes podem até ser reaproveitados em outro veículo.

Praticidade, confiabilidade, possibilidade de revenda tornaram a instalação de chips remapeados e filtros de ar esportivos as modificações mais populares do momento.


Para que serve um filtro esportivo?


Vamos nos concentrar nos filtros esportivos, e nos sistemas de admissão de ar. Mas para isso, é preciso que compreendamos algumas particularidades dos próprios motores à combustão interna: Nesse tipo de motor, o principal fator limitador de potência, é a restrição à entrada do ar nos cilindros. Como todos sabem, o motor é impulsionado pela queima da mistura comburente/combustível, ou seja ar/gasolina (ou ar/álcool, ar/metanol e assim por diante).

Um fato interessante, é que a maioria dos sistemas de injeção eletrônica trabalha com uma margem de “folga”, ou seja, eles tem a capacidade de fornecer proporcionalmente mais combustível do que a quantidade máxima de ar que o motor (original) consegue admitir. Daí, rapidamente pode se concluir, que se você conseguir fazer com que o motor admita uma quantidade um pouco maior de ar, a injeção dará conta do recado mantendo a mistura correta, e o motor atingirá mais potência e torque, sem a necessidade de um remapeamento no chip, ou qualquer outro tipo de preparação.
A maneira mais fácil de se conseguir isso, seria eliminar o filtro de ar. Em teoria, funciona muito bem, contudo entre a teoria e a prática, existe a realidade de cada caso. E em alguns deles, existem problemas, principalmente relacionados com a temperatura do ar admitido, com sensores do sistema de injeção e sobretudo com a poeira, que não deve de maneira alguma ser admitida pelo motor, sob pena de sérios danos à sua conta bancária.

Mas em carros de rua, andar sem filtro de ar, causa uma infinidade de dores de cabeça. Em primeiro lugar, na maioria dos casos, não basta simplesmente retirar todo o sistema original, com caixa de ar e tudo, pois esses sistemas, muitas vezes são elaborados de modo a admitirem ar mais frio do que o do compartimento do motor, e eventualmente também são equipados com sensores, que se negligenciados, farão com que a injeção funcione de maneira incorreta, causando prejuízos ao rendimento.

Deixar todo o sistema de caixa de ar original, mas sem o elemento do filtro, seria uma idéia melhor, já que garantiria a captação de ar um pouco mais frio. Contudo, essa idéia também tem seus defeitos: As caixas de ar originais, são projetadas com prioridades diferentes das nossas, que queremos tirar a última gota de rendimento que nosso equipamento pode nos proporcionar.

Quando os projetistas criam um sistema de filtro de ar para uma montadora, eles tem diferentes aspectos a observar, como: Fácil acesso para a manutenção do filtro de ar, sistemas de redução de emissões de poluentes, temperatura correta para a maior durabilidade do motor, redução do ruído do sistema, custo das peças de fabricação e reposição, risco de “calço hidráulico” e assim por diante. A performance geralmente é relegada à segundo plano.

Além disso, sem o elemento do filtro, a restrição à entrada de ar diminui bastante, mas a proteção contra a entrada de partículas estranhas ao motor também. Rodar com um motor sem filtro de ar, é equivalente a submeter as partes internas a um intenso jato de areia. A durabilidade é bastante comprometida, assim como a confiabilidade.

Em caso de carros turbocomprimidos, os rotores do compressor são os primeiros a sofrerem, já que são peças delicadas, e que se movimentam à rotações muito altas. Andar com carro turbo sem filtro de ar, é comprovadamente a maneira mais fácil de diminuir a vida útil da parte fria da turbina.

Em resumo, deixar a caixa de ar original, mas sem o elemento do filtro de ar, é mais eficiente do que simplesmente eliminar todo sistema, mas ainda assim, não é uma boa idéia, já que o sistema original é por vezes bastante restritivo, e você precisará lidar com as conseqüências da captação de poeira pelo seu motor, o que não é nada recomendável.

Uma outra solução ainda, seria usar filtros de ar esportivos, mas que se encaixam no local original (filtros tipo painel, para reposição original). Eles tem a vantagem de não precisarem ser trocados, apenas lavados, o que representa economia na manutenção e em alguns casos, até podem melhorar um pouco o fluxo de ar. Contudo, em geral não proporcionam grande aumento de rendimento, devido aos problemas relativos a caixa de ar original, já descritos anteriormente.

Agora que você já sabe que eliminar o filtro de ar do carro, mesmo que feito de uma maneira criteriosa, não é recomendável, é hora de partirmos para o que você pode fazer para melhorar seu motor, mas sem causar nenhum dano. O ideal é um novo sistema de admissão, que elimine a caixa e o filtro originais, trazendo melhor rendimento, mas sem perder a capacidade de filtragem.

Sistemas de Admissão de Ar Frio ou CAI (cold air intake):

As duas coisas mais importantes em um sistema de admissão de ar, são a temperatura do ar admitido, e a capacidade de fluxo do filtro e do próprio sistema. É levando isso em conta, que você precisa procurar soluções efetivas para otimizar o desempenho de seu carro. De nada adiantará um filtro importado, de primeira linha, mas mal instalado, com tubulações restritivas e captando ar quente.

No que tange à temperatura do ar, quanto mais frio, mais denso, consequentemente maior a potência e o torque do motor. Assim, o ideal é que a tomada de ar esteja em algum local onde haja bastante ar frio, já que dentro do cofre do motor, as temperaturas podem ser muito altas, prejudicando o rendimento do carro.

Em relação ao fluxo, o ideal é que ele seja o mais livre possível, sem estrangulamentos, sanfonas ou obstáculos aerodinâmicos. Com poucas curvas, e de preferência com ângulos bem abertos. O ar deve fluir através de canos de grande diâmetro, tão curtos quanto possível.
Aí chegamos a um pequeno paradoxo: “Como vou ter um cano curto, se para pegar ar frio, existe uma distância considerável entre o corpo de borboletas e a frente do carro, onde está o ar em temperatura ambiente?”

Realmente, essa é uma pergunta pertinente. É difícil de se conciliar essas duas coisas, mas não impossível. Pode ser feito através de alterações como scoops, recortes no capô ou pára-lamas, reposicionamento de outras peças dentro do cofre e assim por diante. Entretanto, nem sempre as pessoas estão dispostas a dar uma “retalhada” no carro, obrigando o ar a percorrer um caminho maior, através de um longo CAI. Mas uma coisa é certa: Se você precisar optar entre ar frio ou um cano mais curto, escolha sempre o ar frio. Muitos testes em dinamômetro já provaram que sistemas que captam ar mais denso geram mais potência do que sistemas baseados somente em pouca resistência ao fluxo de ar.

Tenha em mente apenas, que o sistema de admissão com canos mais longos, deve buscar a otimização do fluxo de ar, evitando mangueiras de borracha sanfonadas (prefira canos, com um diâmetro adequado) curvas com ângulos muito fechados e principalmente estrangulamentos na tubulação.

Nos lugares onde o tuning é mais desenvolvido, como Japão, Europa e Estados Unidos, existe disponível uma infinidade de sistemas CAI (admissão de ar frio), Short Ram (semelhante ao CAI, porém com um cano mais curto, localizando o filtro dentro do cofre do motor), Cold Airbox (sistema de caixa semelhante a original, com filtro de alta vazão, e visando alta performance), e você pode ir à qualquer loja especializada, e escolher entre as diversas opções de cada sistema e marca.

Aqui no Brasil, o mercado ainda está em desenvolvimento, e se você quiser um sistema assim, precisará encomendar sob medida. Mas se o trabalho for bem executado, não há dúvidas de que vale o investimento.

Filtros de ar:

Tão importante quanto o sistema de admissão, é o filtro de ar em si. Bons filtros de ar, são aqueles que conseguem o melhor fluxo de ar aliado à melhor proteção ao motor. Como já foi colocado anteriormente, é fácil diminuir a restrição do sistema, simplesmente diminuindo (ou eliminando) a restrição do filtro de ar, mas isto é muito prejudicial ao motor. O valor verdadeiro de um bom filtro, encontra-se justamente em ter de conciliar duas coisas tão opostas: Deixar passar a maior quantidade de ar possível, ao mesmo tempo em que segura a maior quantidade da poeira e partículas que tentam invadir o motor juntamente com esse mesmo ar.

Diferenças entre os filtros de ar original e filtros esportivos:

O filtro de papel (original) é o mais barato e mais comum, e também o menos eficiente. O princípio de funcionamento dele é bastante simples, e consiste em um tramado de fibras de papel bastante apertado e denso, de maneira que os espaços que restam abertos sejam menores do que as partículas que ele precisa filtrar, impedindo assim que elas atravessem o filtro, e cheguem ao motor. A filtragem ocorre somente na superfície do filtro.

Já o filtro de algodão é mais complexo. Ele é composto por algumas camadas de gaze (tramado de algodão) embebido em óleo, que ficam entre duas camadas de telas de alumínio. Dobras na gaze do algodão asseguram um aumento de 10-20% na área da superfície, para puxar mais ar para o motor. A gaze é feita de camadas sucessivamente mais finas para captar e segurar poeira e partículas úmidas tão pequenas como 0.50 microns. É também um filtro mais eficiente, já que a maioria deles chegam a 98% de filtragem de partículas prejudiciais ao motor, (contra cerca de 93% de alguns filtros de papel) e mesmo filtrando melhor, permitem um fluxo de ar muito mais livre. Outra vantagem, é que esse tipo de filtro, é lavável e se receber a manutenção adequada, deve durar mais do que o próprio carro.

Tipos de filtro:

Existem inúmeras opções de filtros esportivos no mercado. Cônicos, cilíndricos ou apenas para substituir o elemento original. É necessário saber escolher, para conseguir um bom resultado. As melhores marcas, disponibilizam informação sobre aplicações na Internet, e um bom revendedor também deve saber orientar seus clientes em relação a esse aspecto.

Como escolher:

Em relação ao formato: Quando você monta um filtro redondo convencional em cima de um motor, como por exemplo num carburador ou corpo de borboletas em pé, é sabido que um diâmetro maior aliado a um filtro baixo, vai ter um fluxo mais otimizado do que um filtro pequeno e alto. Quando o espaço permite, o ideal é que a altura do filtro seja equivalente a algo entre 20 a 25% do seu diâmetro.

Mas poucos carros ainda usam filtros do tipo “panela”. A maioria dos carros injetados hoje em dia, utiliza o sistema de caixa de ar, com um filtro tipo “painel”, ou um filtro cônico ou cilíndrico, montado em um sistema tipo CAI. Nesse sistema, o formato se torna menos importante.

Então chegamos ao tamanho: Vc pode procurar as tabelas de aplicação de filtros, que informam o modelo adequado para seu carro. Uma boa dica, é em caso de dúvida, escolher sempre um filtro maior.

Apesar de um filtro maior do que o necessário não oferecer mais performance, ele tem a vantagem de garantir um intervalo de manutenção mais longo. Nunca use um filtro menor do que o recomendado pois isso com certeza irá acarretar em perda de desempenho e maior consumo de combustível.

Filtros de má qualidade:

Aqui vai um alerta, para aqueles que procuram sempre economizar em tudo: O barato pode sair caro. Filtros de ar muito pequenos e que tem muito fluxo, devem ser motivo para desconfiança. Geralmente eles não tem boa capacidade de filtragem, e podem causar problemas. Existem também filtros que cumprem a função de filtragem, mas o fluxo de ar que consegue passar por eles é sofrível, o que causa perda de potência, e maior consumo de combustível.

Rendimento:

Todo esse trabalho para escolher o novo filtro, descobrir a medida ideal, projetar uma nova tubulação de ar, e ainda por cima pagar por tudo isso, só faz sentido, se o upgrade funcionar corretamente, e fornecer os cavalinhos extras.

Existem mitos sobre o funcionamento dos filtros esportivos, e muita gente acha que é só uma alteração “cosmética”. Atribuem qualquer ganho ao “fator psicológico”, e desestimulam muitos possíveis compradores.

Vamos aproveitar esse espaço, para restabelecer a realidade em relação ao assunto: Filtros esportivos, podem ser testados num banco de fluxo, juntamente com novo sistema de admissão. Esses testes demonstram que os ganhos de fluxo em CFM (cubic feet per minute, ou seja pés cúbicos por minuto) são brutais, o que garante no mínimo, que há menos restrição antes da entrada da admissão. Isso por si só, já seria uma grande coisa.

Ocorre, que sistemas tipo CAI, beneficiam-se não só do fluxo otimizado, mas também de admitir ar frio, o que aumenta em muito a potência do motor. Da mesma maneira que um intercooler resfria o ar aquecido pela turbina, um CAI pode captar ar fresco, que está muitos graus mais frio que a temperatura do cofre.

Traduzindo para números, o ganho em geral é de cerca de 4 a 5% de potência, mas em alguns casos pode chegar a mais que isso. Existem sistemas, nos quais num motor de 200 cv, os ganhos chegaram a mais de 20 cv. Lembrando sempre, que não estamos falando em estimativas, e sim em testes realizados em dinamômetros de rolo.

Os ganhos irão depender de muitos fatores distintos, como nível de restrição do sistema anterior, local da tomada de ar frio, capacidade de fluxo do novo filtro e da nova tubulação, e até o nível de upgrades no motor do veículo em questão.

Filtros cônicos de alta vazão funcionam muito bem em conjunto com alterações no chip e escapamentos mais livres. O ganho proporcional costuma ser bem maior em carros onde há um conjunto de upgrades que se complementam.

Vale lembrar também, que carros com motores preparados, em 99% dos casos necessitam de mais fluxo de ar na admissão, que não pode ser suprido pelo filtro original. Carros equipados com turbo, comando de válvulas de maior abertura e levante, kits nitro, e cabeçotes preparados podem fazer melhor uso dos filtros de alta vazão, do que carros com motor original.

Filtros de ar de alta performance são uma boa compra. Bons filtros não são baratos, mas são duráveis e confiáveis. Sozinhos, não trazem grandes ganhos de potência, mas em conjunto com um sistema de admissão tipo CAI, e outros upgrades como chip e escape, pode-se melhorar bastante o rendimento de um motor. Para carros originais, são uma opção interessante, e para carros preparados, são obrigatórios.


http://www.golturbo.com.br/forum/viewtopic.php?f=2&t=3276



Última edição por Fabiohenriquesb em Qua Set 01 2010, 10:43, editado 1 vez(es) (Razão : Créditos do posto ao clube do gol turbo)

Shu-Sha
Moderador
Moderador

Número de Mensagens : 418
Idade : 37
Cidade/Estado : São Paulo/ SP
Motorização/Cor : 1.0 / Preto Ebony
Código de Opcionais : KFM 0
Data de inscrição : 14/11/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FILTRO DE AR - VALE A PENA?

Mensagem por a.j_tech em Ter Jan 25 2011, 15:53

tava lendo o mesmo topico kkkkkkkkkkkkkk !!!!!

>>> http://www.r19club.com/How-to/filtrodear.php

Abraço T+ !!!

a.j_tech
Carteira Provisória
Carteira Provisória

Número de Mensagens : 614
Idade : 28
Cidade/Estado : Cosmópolis - SP/Registro - SP
Motorização/Cor : 1.0
Código de Opcionais : farol auxiliar, calhas, 2 kits 2 vias Selenium Xclusive, cd player Pioneer DEH-5280SD, Sub Selenium Xclusive 12", Modulos ALPINE por hora.
Data de inscrição : 28/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FILTRO DE AR - VALE A PENA?

Mensagem por a.j_tech em Ter Jan 25 2011, 15:56

Olha aqui um sistema de admissão de ar no minimo interessante !!!

http://www.fleetguard.com/pdfs/product_lit/americas_brochures/LT15595-PT.pdf

ACHO QUE VALE A PENA PESQUISAR MAIS A RESPEITO AI GALERA !!! ABRAÇO !!! T+ !!!

a.j_tech
Carteira Provisória
Carteira Provisória

Número de Mensagens : 614
Idade : 28
Cidade/Estado : Cosmópolis - SP/Registro - SP
Motorização/Cor : 1.0
Código de Opcionais : farol auxiliar, calhas, 2 kits 2 vias Selenium Xclusive, cd player Pioneer DEH-5280SD, Sub Selenium Xclusive 12", Modulos ALPINE por hora.
Data de inscrição : 28/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FILTRO DE AR - VALE A PENA?

Mensagem por Vogel Design em Ter Jan 25 2011, 23:44

que medo ehehhehe sei la! isso sai acho que é mais pra uso agricola heheh

Vogel Design
Moderador
Moderador

Número de Mensagens : 9256
Idade : 32
Cidade/Estado : São Paulo / SP
Motorização/Cor : 2.0 em breve / Verde ou laranja duvida
Código de Opcionais : Tudo que for possivel
Data de inscrição : 27/04/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FILTRO DE AR - VALE A PENA?

Mensagem por oReIaAaA em Qua Jan 26 2011, 00:22

interessante.. mais é como o Vogel falo.. é mais pra uso agriculo..
imagino ke isso é so um filtro de pré-fitragem, para residos maiores...
dps disso axo ki tem o filtro normal do "trator"...
sei lah!!
AUHAUhuahua...

oReIaAaA
Carteira Provisória
Carteira Provisória

Número de Mensagens : 576
Idade : 31
Cidade/Estado : Marília/SP
Motorização/Cor : 1.0/Branco
Código de Opcionais : chimbiKa - Completasso!!!
Data de inscrição : 13/08/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FILTRO DE AR - VALE A PENA?

Mensagem por Tar em Qua Jan 26 2011, 00:36

Mas até que não seria uma má idéia filtro de trator/caminhão, visto que são de papel como o original, cilindricos e alguns ocos... resumindo, vai ter a mesma qualidade de filtragem só que com um fluxo menos restringido devido à maior área superficial

Tar
Motorista Veterano
Motorista Veterano

Número de Mensagens : 2023
Idade : 26
Cidade/Estado : Umuarama / PR
Motorização/Cor : 1.0 / Prata Geada
Código de Opcionais : Kit Pulse
Data de inscrição : 11/12/2008

http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=mp&uid=3374566508786

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FILTRO DE AR - VALE A PENA?

Mensagem por a.j_tech em Qua Jan 26 2011, 12:25

É seria cabuloso concordo !!!

Postei isso ai por que faço agronomia e tive aulas de mecanica, mecanização e maquinas ai ja viu minha imaginação heheee !!!

Mas assim daria para adaptar um filtro de 2 estagios sem problemas, pegaria um de 2" ai na entrada dele colocaria a captação de ar o mais rente a grade para pegar ar frio "maior densidade" >>> "melhor mistura ar+combustivel" >>> "maior potencia" ai depois colocaria um filtro de alto fluxo da K&N, apesar que só os filtros K&N sozinhos já dão conta do recado !!! O segredo deles é a limpeza que ter que ser feita com o kit próprio para o filtro que inclui um sabão especial e um oléo em aerosol, vc lava sempre o filtro do lado interno para o externo, do limpo para o sujo para que a sujeira não entre mais nas fibras e não as suje, depois de lavado e seco, deve se passar o oléo do kit na parte limpa do filtro ou seja na parte interna pois a mágica desses filtro não esta somente nas malhas mas também nesse óleo que auxilia e muito a filtragem !!!

É só lembrar daqueles filtros a óleo acho que era o corcel que tinha, a sujeira ficava toda retida no óleo ai o ar passava para uma outra camara que retiva o oleo do ar e jogava para a admissão, o segredo era trocar sempre o óleo no periodo recomendado !!!

Os filtros K&N são uma evolução disso !!!

Abraço Galera T+ !!!

a.j_tech
Carteira Provisória
Carteira Provisória

Número de Mensagens : 614
Idade : 28
Cidade/Estado : Cosmópolis - SP/Registro - SP
Motorização/Cor : 1.0
Código de Opcionais : farol auxiliar, calhas, 2 kits 2 vias Selenium Xclusive, cd player Pioneer DEH-5280SD, Sub Selenium Xclusive 12", Modulos ALPINE por hora.
Data de inscrição : 28/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FILTRO DE AR - VALE A PENA?

Mensagem por Vogel Design em Qua Jan 26 2011, 19:20

é que sei la! ainda não acho tão simples assim colocar um filtro esportivo e achar que o carro anda mais! na verdade não! o certo seria remapear a injeção e tal! socar ar pra dentro do motor não faz ele andar mais! não temos mais carro carburado! jogar ar! vc simplesmente joga ar! por isso tem que remapear a injeção, senão a queima fica uma bosta ao invés de ficar boa!

Vogel Design
Moderador
Moderador

Número de Mensagens : 9256
Idade : 32
Cidade/Estado : São Paulo / SP
Motorização/Cor : 2.0 em breve / Verde ou laranja duvida
Código de Opcionais : Tudo que for possivel
Data de inscrição : 27/04/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FILTRO DE AR - VALE A PENA?

Mensagem por a.j_tech em Qua Jan 26 2011, 22:12

Assim vogel vc colocando um filtro de alto fluxo vc até consegue ganhar coisa de 1% a 2% que a injeção compesaria automaticamente até esse ponto agora dai para a frente sem chance migão !!!

O pessoal fala que esses filtros aumentam em 5% a potencia sem mexer em nada, eu duvido e muito até porque ninguem testou em dinamometro tb e outra o teste é muito caro nem compensa; Compensa no caso de pegar um honda civic si e colocar um blower nele com um intercooler e se bobiar um nitro ainda heheee !!!

Mas então no caso do kazin o ganho ficaria por ai mesmo na faixa de 1 a 2% diga se praticamente imperceptivel, o ganho realmente viria remapiando a injeção como vc falou, mas isso implicaria em maior consumo de combustivel para criar uma mistura mais rica !!!

Resumindo os filtro são quase um efeito placebo !!!

E outra pagar R$230,00 em um filtro da K&N seria o preço praticamente para o cara remapear a injeção hehehee !!!

prefiro o meu originalzinho !!!

ahh coloquei um par de night braker no meu kazin ta bem massa heheee !!!

Abraço !!!
T+ !!!

a.j_tech
Carteira Provisória
Carteira Provisória

Número de Mensagens : 614
Idade : 28
Cidade/Estado : Cosmópolis - SP/Registro - SP
Motorização/Cor : 1.0
Código de Opcionais : farol auxiliar, calhas, 2 kits 2 vias Selenium Xclusive, cd player Pioneer DEH-5280SD, Sub Selenium Xclusive 12", Modulos ALPINE por hora.
Data de inscrição : 28/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FILTRO DE AR - VALE A PENA?

Mensagem por a.j_tech em Qua Jan 26 2011, 22:13

ahhh um detalhe seriam R$230,00 só o preço do filtro K&N + o kit de limpeza dele que fica na faixa de R$120,00 somando ai uns R$350,00 heheee !!!

a.j_tech
Carteira Provisória
Carteira Provisória

Número de Mensagens : 614
Idade : 28
Cidade/Estado : Cosmópolis - SP/Registro - SP
Motorização/Cor : 1.0
Código de Opcionais : farol auxiliar, calhas, 2 kits 2 vias Selenium Xclusive, cd player Pioneer DEH-5280SD, Sub Selenium Xclusive 12", Modulos ALPINE por hora.
Data de inscrição : 28/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FILTRO DE AR - VALE A PENA?

Mensagem por Tar em Qua Jan 26 2011, 23:16

Com essa grana tu compra 10 filtro de papel na concessionária
Rodaria no mínimo 200 mil km tudo dentro do que o manual "recomenda"

Tar
Motorista Veterano
Motorista Veterano

Número de Mensagens : 2023
Idade : 26
Cidade/Estado : Umuarama / PR
Motorização/Cor : 1.0 / Prata Geada
Código de Opcionais : Kit Pulse
Data de inscrição : 11/12/2008

http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=mp&uid=3374566508786

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FILTRO DE AR - VALE A PENA?

Mensagem por Vogel Design em Qui Jan 27 2011, 21:36

tipo, pra remapear a injeção, mas remapear direito, ficando perfeito! da pra tirar uns 8 a 10 Cv e geralmente cobram uns 2.500 a 3.000 reais ehehehhehe parece brincadeira, mas pode procurar!
250, 300 conto vc no máx. compra um unichip!
agora imagina! 1% de rendimento!? pra 73 Cv!? da o que?! nem 1cv de potencia! hjeehehehhehahhehaeh

Vogel Design
Moderador
Moderador

Número de Mensagens : 9256
Idade : 32
Cidade/Estado : São Paulo / SP
Motorização/Cor : 2.0 em breve / Verde ou laranja duvida
Código de Opcionais : Tudo que for possivel
Data de inscrição : 27/04/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FILTRO DE AR - VALE A PENA?

Mensagem por nelsonsoares em Ter Maio 10 2011, 15:45

tenho um ka 2007 1.0 to pensando em colocar um filtro esportivo qual devo colocar conico ou inbox e qual marca?obrigado

nelsonsoares
Piloto de Controle Remoto
Piloto de Controle Remoto

Número de Mensagens : 22
Idade : 27
Cidade/Estado : restinga seca rs
Motorização/Cor : zetec rocam 1.0 vermelho ANDA MUITO!!!
Código de Opcionais : (AQ,LDT,AL)som pionner,2falantes 6 nas portas bomber,2 6x9 H buster 1 sub 12 pionner,1 modulo 800rms,pelicolas g35 parabrisa,g5 laterais e traseiro, escapamento esportivo,ponteira cromada,filtro esportivo inflow,rebaixado 1elo,lampadas cool blue.
Data de inscrição : 08/05/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FILTRO DE AR - VALE A PENA?

Mensagem por davidfarhat em Ter Maio 10 2011, 16:41

Bom, eu estou no meu sexto Ford Ka, tive desde endura, passando por Rocam 1.0 e 1.6 MONO e 3 modelos Flex, sendo um deles 1.0 e o último 1.6 2011, já usei filtros originais, cônicos e inbox. Pra mim até agora o que melhor se saiu no conjunto é o INFLOW (antigo HPF) quem frequenta a FordHP deve estar familiarizado. Ele não é restritivo, tem custo baixo e é lavavel.Quem tiver interesse o site é http://www.filtrosinflow.com.br/

davidfarhat
Piloto de Controle Remoto
Piloto de Controle Remoto

Número de Mensagens : 27
Idade : 27
Cidade/Estado : Curitiba/Paraná
Motorização/Cor : 1.6 Tecno 10/11/Preto Ebony
Código de Opcionais : KTF1
Data de inscrição : 06/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FILTRO DE AR - VALE A PENA?

Mensagem por Bruno Avellar em Ter Maio 10 2011, 17:01

Bem, para ajudar a esclarecer dúvidas, acho que vale assistir:

http://www.youtube.com/watch?v=NXGdrQUsxzk&feature=channel_video_title

Bruno Avellar
Piloto de Kart
Piloto de Kart

Número de Mensagens : 67
Idade : 25
Cidade/Estado : Goiânia
Motorização/Cor : 1.0/Preto
Código de Opcionais : KBD1 + Neo
Data de inscrição : 20/07/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FILTRO DE AR - VALE A PENA?

Mensagem por nelsonsoares em Dom Maio 29 2011, 21:09

aew galera coloquei o filtro hpf inflow no kazinho achei otimo deu pra senti a diferença bem! abraço

nelsonsoares
Piloto de Controle Remoto
Piloto de Controle Remoto

Número de Mensagens : 22
Idade : 27
Cidade/Estado : restinga seca rs
Motorização/Cor : zetec rocam 1.0 vermelho ANDA MUITO!!!
Código de Opcionais : (AQ,LDT,AL)som pionner,2falantes 6 nas portas bomber,2 6x9 H buster 1 sub 12 pionner,1 modulo 800rms,pelicolas g35 parabrisa,g5 laterais e traseiro, escapamento esportivo,ponteira cromada,filtro esportivo inflow,rebaixado 1elo,lampadas cool blue.
Data de inscrição : 08/05/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FILTRO DE AR - VALE A PENA?

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 06:08


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum